<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=360133424683380&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Camboja fecha todos os cassinos para evitar a propagação da COVID

O Primeiro Ministro do Camboja ordenou que todos os 125 cassinos no Camboja parassem temporariamente as operações

Todos os cassinos no Camboja foram condenados a permanecer fechados até novo aviso após a detecção de casos da COVID-19 entre jogadores de cassino. De acordo com o jornal cambojano The Star, o cassino na província de Banteay Meanchey e outros terão que ficar temporariamente fechados. A maioria dos cassinos no Camboja está localizada na costa de Sihanoukville, com a outra maioria dos locais de jogos localizados em Poipet, na fronteira com a Tailândia, e Bavet, perto do Vietnã.

“Vendo o surto, a administração provincial decidiu suspender todos os cassinos na cidade de Poipet”, disse o diretor da administração provincial Chhoeun Kraiyong.

Prime Minister of CambodiaAté o momento, o nome do cassino onde o vírus foi detectado não foi divulgado. O Camboja está novamente experimentando um aumento nos casos de COVID e está tomando medidas drásticas para tentar controlar a situação, incluindo viagens. Todas as viagens de e para a Índia foram suspensas por enquanto.

Os lockdowns foram ordenados em Phnom Penh, na cidade de Ta Khmau e na cidade de Preah Sihanouk, com o governador provincial Oum Reatry ordenando o lockdown de todos os cassinos nessas regiões também.

A capital do Camboja, Phnom Penh, estendeu seu toque de recolher noturno até 5 de maio. O toque de recolher foi introduzido pela primeira vez no início deste mês e foi estendido desde então.

O resort cassino NagaWorld, localizado na capital, não está em operação desde março e interrompeu os trabalhos depois que vários funcionários testaram positivo para a COVID-19.

Em um comunicado, a Donaco International Limited também anunciou que todas as operações do cassino na província de Banteay Meanchey foram temporariamente suspensas para cumprir a ordem das autoridades locais do Camboja. A empresa destacou que a saúde e segurança dos colaboradores e hóspedes continuam a ser prioridade.

Nenhum cronograma foi fornecido sobre quando os cassinos voltarão aos negócios.

Sobre a revista SiGMA:

A Revista SiGMA é publicada duas vezes no ano e destaca a indústria de jogos remotos. A publicação oferece uma visão de 360 graus sobre jogos e apostas, cobrindo tópicos relacionados a aspectos regulatórios, operações, afiliação, bem como tendências de SEO e é distribuída por correio para as empresas globais líderes de gaming. A publicação é também distribuída para empresas em Malta e em diversas conferências. Se você se interessar em ter sua marca destacada na Revista SiGMA ou desejar contribuir com conteúdo de qualidade, entre em contato.

 

Posts relacionados