<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=360133424683380&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Deep Tech: o presente e o que está por vir – Parte III

Na parte 3 desta série deep tech, investigamos projetos que alcançaram sucesso e permaneceram relevantes nos últimos anos

Nas últimas duas semanas, abordamos como a mentalidade deep tech não mudou apenas a maneira como os inovadores e empreendedores veem suas startups, mas também como chamou a atenção dos investidores e superou a concorrência em quase todos os campos da tecnologia graças ao seu foco orientado ao problema, a natureza cíclica do seu processo de concepção e desenvolvimento e a tendência para o registo de patentes pelas tecnologias desenvolvidas, garantindo exclusividade e presença no mercado.

Neste artigo final, abordaremos uma série de projetos que alcançaram sucesso e permaneceram relevantes ao longo dos últimos anos, juntamente com outras startups promissoras que podem dar os primeiros passos na próxima era de inovação em seus respectivos campos.

Inteligência Artificial

Indiscutivelmente o campo onde o ciclo de solução de problemas da deep tech mostra o melhor resultado, a IA se beneficia muito da mentalidade baseada em iteração, pois os problemas e questões são corrigidos ao longo do tempo, enquanto os algoritmos de validação são ajustados continuamente.

Deep Tech: o presente e o que está por vir | Open AIO grande primeiro exemplo de projetos de inteligência artificial baseados em deep tech é o OpenAI, um laboratório de pesquisa voltado para a compreensão da Inteligência Artificial Geral (AGI) para a segurança humana. AGI é definido como o próximo passo além da IA, uma vez que as máquinas podem ser capazes de aprender e realizar tarefas intelectuais com sucesso, o que as levou a abrir caminho em campos associados como aprendizado de máquina e extração e manipulação de conjuntos relevantes de Big Data.

Enquanto alguns projetos se concentram no desenvolvimento de sistemas de IA que podem ser aplicados a produtos finais, outros também visam criar ferramentas baseadas em IA que podem ser úteis durante os estágios iniciais de P&D, que é o caso da Noble.AI. Fundada em 2017, a Noble.AI é uma empresa de software sediada na Califórnia com foco na criação de tecnologias escalonáveis para os setores de P&D e pesquisa científica, fornecendo às organizações ferramentas que atendam às suas necessidades, reduzindo tempos e custos. Seu portfólio inclui duas plataformas de software como serviço:

Deep Tech: o presente e o que está por vir | noble ai

  • Blueprint, uma plataforma capaz de extrair informações de uma ampla variedade de fontes numéricas, gráficas, simuladas e textuais, e fornecer informações sobre tendências ou erros encontrados no banco de dados.

  • Reactor, um software que permite aos usuários adquirir dados relevantes de experimentos nas áreas de química, ciência dos materiais, energia, sistemas eletrônicos, aeroespacial e muito mais, a fim de obter uma melhor visão dos resultados e alcançar insights mais profundos.

Noble.blueprint and reactor

Saúde e Biomedicina

O campo da pesquisa em saúde, biomedicina e farmácia viu um grande benefício na popularização da deep tech, e isso se torna facilmente perceptível quando comparado a projetos desenvolvidos com a mentalidade da onda anterior de inovação. As startups orientadas para problemas encontram terreno fértil na tecnologia profunda graças aos tempos reduzidos de P&D e ao risco de mercado reduzido associado ao lançamento de um produto (se já existe um problema, a solução já tem um mercado-alvo).

Deep Tech: o presente e o que está por vir | covaxx O exemplo mais recente dessa dinâmica vem da Covaxx, uma empresa que não só liderou o desenvolvimento de testes rápidos e confiáveis para detecção de COVID-19, efetivamente melhorando a resposta de vários governos ao ajudar na quantificação da escala da pandemia, mas também entrando posteriormente no mercado de desenvolvimento de vacinas e alcançando uma solução sem problemas de segurança significativos observados até o momento, rápida adaptação às mutações, sem necessidade de cadeias de frio especializadas e já atingindo taxas de produção projetadas de 500 milhões de doses por ano.

Deep Tech: o presente e o que está por vir | medcuraProjetos em diferentes campos da medicina também ganharam força pela mão de nomes conhecidos mostrando seu apoio público, como o reconhecimento de Stephen Hawking por Medcura (antigo Gel-e) e seu design inovador de mecanismos de controle de sangramento. Com vários produtos aprovados pela FDA e mais em desenvolvimento, a visão da Medcura de criar soluções para prevenir sangramento, manter as feridas limpas e aumentar a cascata de coagulação faz com que eles brilhem em um amplo mercado que abrange desde incidentes domésticos regulares a implantações militares.

Transporte e Energia

Datando ainda mais do que a medicina e a farmácia, os campos de transporte e energia têm visto melhorias constantes ao longo de vários séculos e são registros vivos das descobertas e avanços feitos durante várias revoluções industriais e parecem estar passando por tempos difíceis em inovação devido ao envolvimento corporativo maciço.

common wealth fusion systemsNa Parte I, cobrimos como a Commonwealth Fusion Systems, uma startup sediada em Boston, está competindo e esperando superar os esforços para implementar reatores de fusão nuclear por coalizões de vários países, e com uma data de lançamento antecipada. Mas há mais exemplos no campo da geração de energia, dos quais destacamos Heliogen, uma empresa que se concentra em soluções de energia solar concentrada com o objetivo de mudar o padrão de combustíveis fósseis para fontes renováveis, utilizando software de visão computacional avançado para alinhar precisamente os espelhos para focar a energia em um único alvo para fazer uso de grandes quantidades de energia.

Tesla | Deep Tech: o presente e o que está por virA mudança dos combustíveis fósseis também permeou o transporte, onde a Tesla liderou a popularização dos veículos elétricos e semiautônomos não apenas simplificando sua fabricação e disponibilidade para o público, mas também criando um ambiente amigável para sua adoção, oferecendo soluções de carregamento e manutenção. Pela mão da excêntrica administração de Elon Musk, a empresa manufatureira americana conquistou o mundo e continua sendo o carro-chefe da incrível variedade de projetos de Musk que incluem espaçonaves reutilizáveis, transporte de ultra/alta velocidade por túneis e até mesmo soluções de integração computer-brain .

Negar a influência que a mentalidade da deep tech teve e continuará a ter em quase todos os campos da indústria e da tecnologia é ficar para trás à medida que startups mais ousadas e criativas ganham experiência, presença de mercado e suporte financeiro, levando-as aos primeiros lugares em campos considerados de extrema relevância hoje e com potencial quase ilimitado para as próximas décadas. A melhor solução é dar uma olhada introspectiva em como pensamos não apenas como indivíduos, mas como partes de um sistema que atualmente anseia por inovação e que, como visto nesta série, está disposto a assumir riscos.

Sobre a Revista SiGMA:

A Revista SiGMA é uma publicação semestral definitiva que aborda tudo sobre a indústria de jogos. A revista cobre cinco continentes principais, que são: Europa, Ásia, África e Américas, com colaboradores de todas as partes do mundo. A publicação é distribuída para um público global, com tiragem de 10.000 exemplares, oferecendo aos leitores conteúdo exclusivo sobre nossa vasta base de clientes. Devido ao nosso público global, o SiGMA utiliza seu time de tradutores para traduzir o conteúdo em seu idioma específico, dependendo do continente. A Revista está disponível online em nossa versão digital e também é distribuída durante as feiras anuais do SiGMA. Se você quiser participar de nossa próxima edição, entre em contato com Katy.

Posts relacionados