<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=360133424683380&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Nigerianos não estão proibidos de negociar com Cripto, diz governador

“O que acabamos de fazer foi proibir transações em criptomoedas no setor bancário”

O governador do Banco Central da Nigéria, Godwin Emefiele, suavizou sua postura quanto às criptomoedas para indivíduos, com exceção de bancos.

De acordo com o vice-governador do CBN, Adamu Lamtek, que representou Godwin Emefiele em um seminário organizado para escritores de finanças, disse que o banco não proibiu residentes nigerianos de comprar, negociar ou vender cripto, mas “[protegeu] o setor bancário das atividades de criptomoedas. ”

Nigerianos não estão proibidos de negociar com Cripto | Godwin“O CBN não impôs restrições ao uso de criptomoedas e não estamos desencorajando as pessoas a negociá-las”, disse Emefiele.

“O que acabamos de fazer foi proibir transações em criptomoedas no setor bancário.”

O comunicado segue a CBN que anunciou em fevereiro em um artigo que havia proibido todas as instituições financeiras regulamentadas, impedindo-as de fornecer serviços para criptomoedas no país.

A proibição determinou que todos os bancos comerciais fechassem contas pertencentes a criptomoedas e outras empresas que operam com criptomoedas na Nigéria, alertando sobre "sanções regulatórias severas" para qualquer instituição que viole a regra. Alguns titulares de contas no Banco de Acesso da Nigéria já relataram que suas contas foram encerradas.

Emefiele anteriormente se referiu às criptomoedas como “dinheiro não legítimo”, sem lugar no sistema monetário da Nigéria. O governador disse na época que o banco central estava fazendo as devidas diligências para entender melhor as implicações do espaço emergente.

No entanto, muitos reguladores e entusiastas de criptomoedas na Nigéria criticaram a proibição. Alguns legisladores do Senado nigeriano propuseram convidar o governador da CBN e as principais partes interessadas em cripto para uma audiência para discutir questões relacionadas às regulamentações de criptomoedas no país.

Desde que a CBN introduziu a proibição de criptomoedas, o preço do Bitcoin (BTC) tem sido negociado como um prêmio no país. Avaliado em $ 57.349 nos Estados Unidos, os dados do crypto exchange Luno mostram que o BTC aumentou para um prêmio de mais de 70% na Nigéria, a um preço de $ 97.509.

gbc.ng

Sobre a Revista SiGMA:

A Revista SiGMA é uma publicação semestral definitiva que aborda tudo sobre a indústria de jogos. A revista cobre cinco continentes principais, que são: Europa, Ásia, África e Américas, com colaboradores de todas as partes do mundo. A publicação é distribuída para um público global, com tiragem de 10.000 exemplares, oferecendo aos leitores conteúdo exclusivo sobre nossa vasta base de clientes. Devido ao nosso público global, o SiGMA utiliza seu time de tradutores para traduzir o conteúdo em seu idioma específico, dependendo do continente. A Revista está disponível online em nossa versão digital e também é distribuída durante as feiras anuais do SiGMA. Se você quiser participar de nossa próxima edição, entre em contato com Katy.

Posts relacionados