Recurso contra a fusão de empresas de loteria foi rejeitado na Holanda

A Comissão de Recursos da Holanda rejeitou o recurso contra a fusão entre a Nederlandse Staatsloterij (SENS) e a Stichting Nationale Sporttotalisator (SNS) por temer que isso reduziria a competitividade do mercado de jogos holandês.

Inicialmente, quando a fusão foi apresentada pela primeira vez, a Autoridade para Consumidores e Mercados (ACM) do país observou que seria necessária uma licença para que isso acontecesse. Um pedido de licença foi feito e posteriormente aprovado em 2015.

Olhando para o grau de competição mútua, a ACM descobriu que a Nationale Goede Doelen Loterij já se destacava como competidora, e era de tamanho comparável a Nederlandse Staatsloterij (SENS) e a Stichting Nationale Sporttotalisator (SNS

apostas holandesasNationale Goede Doelen Loterij, opera a National Postcode Lottery, Bankgiro Lottery e Friends Lottery. 

Para que a fusão fosse aprovada, o conselho teve que considerar se a fusão das duas empresas colocaria outros concorrentes em desvantagem comercial, além disso, havia que considerar a avaliação de mercado atual e a possível vantagem que isso traria para o mercado.

O tribunal concluiu que seria altamente improvável que a combinação levasse a efeitos negativos significativos sobre a concorrência no mercado de loteria.

Também constatou que as mudanças nas verticais da concorrência, como jackpot, preço do bilhete e porcentagem de pagamento de um parceiro de fusão, tiveram pouca influência no número de bilhetes vendidos pelo outro parceiro de fusão.

A ACM também considerou que a fusão daria aos operadores privados a capacidade de competir pelos clientes. De acordo com a iGaming Business,  a ACM declarou:
Autoridade para Consumidores e Mercados (ACM)

Não havia evidências de que o negócio de loteria resultante seria capaz de alavancar essa posição para obter uma vantagem injusta em outras verticais.

A Associação de Jogos Online da Holanda (NOGA) classificou esta decisão como "infeliz" em um comunicado divulgado anteriormente.

Aedição 5 da Revista Block foi publicada:

Block é uma publicação semestral que ilumina os setores de IA, blockchain, criptografia e tecnologia emergente, com 5000 cópias entregues a marcas líderes em toda a indústria global. Veja a edição mais recente da Block abaixo.

Related Posts