O que acontece quando jogamos para ganhar?

Palavras de Anders Bergman, fundador da QuitGamble.com. Na QuitGamble, Bergman ajuda as pessoas a encontrar a causa do vício e uma maneira de tratá-lo

Da última vez que discutimos sobre  o jogo responsável, abordamos as definições de problemas com jogo e vício, e apresentamos a curva do vício em jogo.

Neste artigo, vamos continuar na curva do vício e começar a olhar para a conexão entre o motivo pelo qual jogamos e suas consequências. 

O que acontece quando nossa motivação para jogar muda de entretenimento para fome de muito dinheiro?
 

Naturalmente, você nunca compraria um bilhete de loteria se soubesse que não ganharia. Ninguém quer doar seu dinheiro suado! Mas há uma distinção clara entre uma pessoa que compra um ingresso para "um minuto de emoção" e uma pessoa que compra dez ingressos, ansiosa para ver se ganhou algo.


(Você sabia que o retorno ao jogador para a maioria dos tickets de raspadinha é inferior a 50%? É um suicídio matemático, em outras palavras. Falaremos mais sobre o retorno ao jogador em algumas semanas.)


Quem compra dez ingressos está fazendo isso para ganhar. Mas qual é o problema disso? Ainda é divertido. Certo? Antes de continuarmos a discutir isso, vejamos alguns jogos que, principalmente, na minha opinião, se concentram em ganhar dinheiro:

  • Todos os cassinos de apostas online
  • Apostas esportivas quando você aposta mais nos jogos do que assiste
  • Pôquer
  • Jogar Blackjack frequentemente no bar 
  • Caça-níqueis em bares e restaurantes

Quando uma pessoa aposta para ganhar, os pontos abaixo podem rapidamente acontecer. 

  • Os valores e as apostas aumentam
  • O jogo ocupa mais tempo em sua vida 
  • Uma clara motivação de vencer
  • A vontade de apostar aumenta
  • Você pensa sobre jogos de apostas mesmo quando não está apostando.

Jogar para ganhar dinheiro é como brincar com fogo. Especialmente se você tem tendência a se tornar viciado. (Você pode fazer um teste aqui). Você reconhece algum dos comportamentos acima?

Você se lembra da curva de vício em jogos de apostas?

A picture containing screenshot
Description automatically generated

Quando você aposta para ganhar, a curva do vício começa a diminuir. Você pode não notar no início. O jogo ainda pode ser divertido, mas você está em um limite fino.

Não recomendamos nenhum jogo de aposta. Ao mesmo tempo, a vida consiste em tirar sarro das coisas. Muitos sonham em visitar Las Vegas. Eles sonham em se arriscar na mesa de Roleta. Aposte 100 € no 13, para ver o que acontece. Da mesma forma, apoiar o clube esportivo local não significa ganhar dinheiro. Você faz isso pela experiência e como um gesto simpático.

Achamos que todos os jogos de cassino são para ganhar dinheiro - a maioria dos jogos de azar enfatiza suas chances de ganhar. Para ser justo, houve uma mudança no foco dos comerciais na Suécia em 2020. Existem mais elementos de empolgação e diversão hoje do que jackpots de milhões de dólares. (Eu acredito que este é um passo na direção certa). As ofertas de bônus limitadas também tornaram menos atraente para os cassinos se concentrarem nas "quantias grandes".

Quando se trata de caça-níqueis, com certeza podem ser divertidos, mas o risco de que tudo desande é muito grande, principalmente se você ganhar no começo. Se você quiser saber o que acontece quando você ganha, pode conferir este vídeo:

Fonte: QuitGamble.com  

A mesma coisa pode acontecer rapidamente nas apostas esportivas. Quando o foco muda de uma aposta confortável no Manchester United no jogo contra o Arsenal (torcedor do Arsenal) para apostar em muitos jogos, é fácil perder o controle e as apostas podem aumentar para obter o mesmo aumento de dopamina.

O pôquer tem tudo a ver com dinheiro. Todo mundo que joga pôquer sabe que é um jogo de ganhar ou perder dinheiro. O pôquer não funciona sem apostas monetárias. (Uma exceção pode ser strip poker)

Até mesmo jogadores profissionais de pôquer e apostas esportivas podem ter problemas com apostas. A diferença para 95% de nós é que eles ganham. Ainda assim, muitos deles têm problemas com jogos de azar.

Anders bergman 2223Quando as apostas aumentam, as coisas podem sair do controle rapidamente. Como o vídeo acima indica, uma grande vitória pode ter consequências catastróficas e mudar o comportamento do jogo. De repente, pequenos ganhos não dão mais o mesmo impulso positivo. As apostas aumentam para manter a emoção.

Como consequência, a pessoa avança mais na Curva de Dependência. Você se lembra da definição de problemas com jogos de apostas?

“Alguém com problemas com jogo de aposta começou a perder o controle sobre as apostas. O jogo toma cada vez mais tempo. A diversão das partes ainda é maior do que as consequências negativas. ”

Agora, acho que você fez a mesma conexão que eu. Quando uma pessoa joga para ganhar dinheiro, existem semelhanças financeiras com o comportamento problemático do jogo. Isso não significa que a pessoa tenha problemas com o jogo, mas ela está definitivamente na zona de risco de desenvolver um problema.

No próximo artigo, veremos a última etapa da curva do vício em jogo. O que acontece quando a pessoa joga para ganhar de volta? Se você quiser ler mais, posso recomendar o artigo sobre Addiction em QuitGamble.com.


Até a próxima!

Calendário SiGMA:  

O SiGMA Américas e o AIBC Digital Summit foram lançados com grande sucesso na semana passada, abordando os fundamentos da indústria de jogos para a América Latina e discutindo os desenvolvimentos atuais na digitalização. Pela primeira vez as Conferências SiGMA com os segmentos de jogos e tecnologia  foram oferecidas em 3 idiomas: inglês, espanhol e português.

SiGMA lançará sua próxima série de eventos em 2021, com SiGMA Europe sendo a atração principal do calendário do próximo ano. As cúpulas inaugurais na Ásia e nas Américas também devem dominar o ano, com SiGMA Ásia sendo lançado em maio de 2021 e oSiGMA África em 2022! Explore a agenda completa aqui e registre-se agora!

Related Posts

Apostar para ganhar de volta

Quando uma pessoa joga para ganhar, um problema de jogo em potencial pode se transformar em um vício de jogo Chegamos à terceira e última parte ...